Agroecologia Biodinâmica e Aliança Social

A Aliança Social – (AS) é uma Tecnologia Social certificada pela Fundação Banco do Brasil, que cria redes envolvendo agricultores, organizações públicas, privadas e da sociedade civil, para a construção de uma economia associativa, conciliando produção agroecológica e consumo responsável, promovendo o desenvolvimento integral e sustentável do ser humano e suas comunidades.

A Tecnologia Social acontece em três etapas: A primeira é a capacitação dos produtores, levando os princípios e técnicas da Agroecologia, através de um curso de formação, incentivando e aumentando a produção de alimentos orgânicos. Com esses encontros forma-se uma rede onde é possível identificar recursos, habilidades potenciais e demandas das comunidades com: criar associações que promovam o engajamento social e o desenvolvimento de competências, saúde comunitária e sustentabilidade; realização de projetos pessoais e coletivos; fortalecimento das tradições culturais; promoção do protagonismo urbano e rural; estabeleça critérios de relacionamentos, reciprocidades, acessos, sistemas e estratégias que fortalecem a solidariedade e a eficiência comunitária.
A segunda etapa é a organização e acompanhamento dos produtores, visando garantir qualidade, quantidade, diversidade e constância na produção.
A terceira e última etapa é a mobilização dos consumidores, incentivando-os a participar da cadeia agroecológica, unindo na Aliança Social, produtores e consumidores